Oito anos de DM.

31 de maio de 2016 / blog

Em 2007 muitas coisas mudaram na minha vida. Eu que estava no ritmo cursinho-casa-cursinho me vi obrigada a aprender a gerenciar meu tempo com o início da faculdade e do curso técnico. Fazer dois cursos ao mesmo tempo se tornou desafiador; afinal, eram quase 20 disciplinas por semestre!

Escolher um novo nome para meu “novo” blog se tornou uma tarefa difícil. Com tantas mudanças, tantas novas informações eu queria que o nome fosse capaz de acompanhar tudo isso. Eu tinha um domínio que estava vencendo e tinha que encontrar uma nova casa para meu blog pois era um espaço cedido por uma empresa conhecida na qual eu não tinha mais contato. Foi então que eu topei com uma música chamada Dangerous Mind, do Within Temptation, banda que eu havia descoberto fazia pouco tempo, mas já sabia de cor a maioria das músicas.

O DM foi o lar das minhas ideias desde então. Passou alguns tempo em hiatos, durante o período em que eu tive um blog partilhado com conhecidos chamado in-noctem, até que um amigo me disse “tens que voltar para o teu blog, Dangerous Mind tem muito mais a ver contigo e tuas ideias…”. E, graças ao Alê (até hoje não sei se era uma boa crítica ou se ele me chamava de maluca hahaha, brinks) eu voltei para o blog, embora os posts tenham diminuído drasticamente, neste mês de maio…  :D

Posts relacionados

[diy] Quadros de parede

27 de março de 2016 / Decoração, DIY

Quadros finalizados

Ninguém acredita quando eu digo que eles são de papelão. E até eles ficarem prontos e lindos, ninguém acreditava que eles ficariam assim, tão legais.

Quando decidi fazer os três quadros de cabeceira e fui atrás de orçamentos fiquei desanimada. As molduras de uma impressão 30×40 cm ficava em torno de R$50 cada. Sem grana e sem disposição para investir quase 200 reais em “quadros” fui atrás de alternativas.

Quando cursava o técnico fiz um trabalho com papel craft que consistia em criar um frasco de perfume através da colagem de faixas de papel. Parti desse princípio para montar os quadros.

Materiais

Na livraria encontrei um papel mais forte, se não me engano chamado papelão holler. Embora eu já tenha comprado este papel mais grosso, eles só tinham a versão de 3mm. Comprei uma folha de couchê fosco, bem fina, na menor gramatura que eles tinham e um pote de tinta para artesanato fosca, da Acrilex.

Acabei não tirando fotos, mas montei sempre com duas camadas do papel, para ficar com 6mm. No esquema abaixo mostro como fiz:

Montagem

Detalhe dos quadros
Para finalizar, tapei as frestas com cola e pedacinhos de papel, pintei e fiz o paspatur com o couché cortado também a 45° (fica minha dica, cole com dupla face pois com cola branca enruga, só voltando ao normal pós secagem). As imagens eu imprimi em papel fotográfico fosco e colei com fica dupla face.

Ficou perfeito?

Não.
Da para notar os defeitos? Se ficar bem pintado… praticamente não.

Gasto total:

Uns R$25 de material e R$30 das impressões fotográficas, economia total!

Abaixo fotos de detalhes:

Detalhe dos quadros
Detalhe dos quadros
Detalhe dos quadros

Posts relacionados

Um ano em nosso apê!

06 de março de 2016 / blog, Decoração, DIY, Geek

Na semana passada completamos um ano no apê. Com a entrega da casa atrasada, sentíamos que estava na hora de ter o nosso cantinho, um espaço para chamar de nosso, com nossas manias e com a nossa cara.
O plano se seria colocado em prática em maio, mas se tornou realidade quando vimos um apartamento perfeito para nós temporariamente: ótima localização, ótimo preço e no tamanho certo (ok, essa parte nem tanto). E mesmo não estando tudo arrumado, com a geladeira e fogão ainda faltando por causa da greve dos caminhoneiros, decidimos passar a noite para organizar melhor organizar as coisas e acabamos não voltado mais para nossas antigas casas.
Morar junto é ótimo! Embora a gente já convivesse maior parte da semana juntos, a gente precisou se acostumar com a nova rotina, organização, e toda a intimidade que morar junto tem. E com o tempo fomos nos acostumando com nossas manias e rotinas. E, como bons nerds que somos nosso apê foi decorado com detalhes de nossos filmes/livros/games prediletos!

Nossas coisas

Nas fotos:

1. Nossa coleção de DVDs, ou melhor, a dele e o meu dvd, 2. Quadrinhos diy Mário Bônus, 3. Porta “treco” do banheiro com ilustrações de Greg Guillemin, 4. Vista do Apê no fim da tarde, 5. Coleção de almofadas diy da Adobe collection, presente de uma colega de trabalho, 6. Quadros diy de cabeceira, 7. e 8. Decoração de natal com alguns de nossos personagens.

Posts relacionados

Séries para assistir em 2016

20 de janeiro de 2016 / cult

Confesso que depois que começamos a assinar o Netflix, a maioria dos seriados que eu assisto é de lá. Alguns eu assisto aos pouquinhos, um episódio lá que outro enquanto outros eu devoro em maratonas até ver a season finale, ou alcançar a temporada. Minha lista de séries para assistir em 2016 é simples mas mostra muito meu gosto por personagens femininas em universos distintos.

Séries Reign, The 100 e Vikings

Reign

Chegando à França com quatro amigas íntimas como damas de companhia, Mary Stuart, a Rainha da Escócia, deve garantir uma aliança estratégica com o país que a acolhe formalizando seu noivado arranjado com o filho do rei francês, o príncipe Francis. Mas o acordo não está selado: ela depende ainda da política, da religião e de assuntos do seu coração. Precisa também superar obstáculos postos em seu caminho pela Rainha, Catherine de Medici, que deseja impedir o casamento, e lidar com Diane de Poitiers e seu filho Bash, a amante e o filho bastardo do Rei. Além disso, o Francis resiste à ideia de um casamento, especialmente quando ele tem uma história com uma dama da corte e seu próprio ponto de vista sobre a ligação com a Escócia. Atualmente na S03E09.

The 100

Noventa e sete anos antes, um apocalipse nuclear dizimou o planeta Terra e destruiu a civilização. Os únicos sobreviventes foram os 400 habitantes de 12 estações espaciais que estavam em órbita durante o acontecimento. Depois de tantos anos, a população das aeronaves aumentou e os recursos estão quase acabando, o que pode significar o fim dos seres humanos. Por isso, os comandantes enviam para a Terra 100 jovens prisioneiros, na tentativa de testar a situação no nosso planeta e descobrir se existe a possibilidade de retorno ao local. Além de lidarem com as próprias diferenças, o grupo precisa se unir para enfrentar os perigos que os aguardam por causa da radiação. Para complicar, tudo indica que eles não estão sozinhos. A 3ª temporada estreia dia 21/01. Baseado no livro homônimo, de Kass Morgan.

Vikings

A série conta a trajetória de Ragnar Lodbrok, um jovem que se considera descendente de Odin. Ragner é um guerreiro e fazendeiro casado com Lagertha, mulher que fabrica escudos, com quem tem dois filhos pequenos. Visionário e sonhando viver diversas aventuras, ele acredita que as riquezas sonhadas por seu povo encontram-se além do mar Báltico. Seus sonhos o levam a se tornar uma figura importante na aldeia, o que provoca uma certa tensão entre ele e seu irmão Rollo, um homem cruel que sente inveja da ascensão de Ragnar. Mas seu maior desafio é convencer Jarl Haraldson, o líder de seu povo, a permitir que ele reúna guerreiros para viajar para o norte. Temendo perder sua frota, Haraldson prefere enviar seus barcos para o leste. Ele ainda não superou a morte de seus dois flhos, embora ainda tenha Thyri, a filha que teve com Siggy, sua esposa, mulher que tem sua lealdade ao marido dividida. Desobedecendo seu líder, Ragnar começa a reunir um pequeno exército, contando com a ajuda de seu melhor amigo Floki, homem que projeta e constrói barcos. A 4ª temporada começa dia 18/02.

Séries Demolidor, 12 Monkeys e Masters of Sex

Demolidor

Matthew Michael Murdock é um jovem atleta e excelente aluno. Ainda na adolescência, um acidente envolvendo um caminhão que carregava lixos tóxicos o deixou cego e fez com que ele (além de 4 tartarugas e 1 rato) desenvolvesse vários sentidos. Quando Matt decide vestir o uniforme e adotar o nome “Demolidor” (Daredevil), leva uma vida dupla: é advogado durante o dia, e, à noite, protege as ruas de Hell’s Kitchen, seu bairro em Nova York. Renovada para a 2ª temporada.

12 Monkeys

A história é situada em um mundo pós-apocalíptico. A humanidade é forçada a viver nos subterrâneos depois que um vírus mortal é liberado. James Cole, um condenado, é enviado ao passado com o objetivo de reunir informações sobre o vírus para que os cientistas possam erradicá-lo. Renovada para a 2ª temporada.

Masters of Sex

Baseada em uma biografia, Master of Sex, narra trajetória de William Masters e Virginia Johnson, cientistas que anos de 1950, dedicaram-se ao estudo do comportamento sexual humano. Renovada para a 4ª temporada.

E você, quais seriados que você quer ver em 2016?